Escola municipal de Várzea Grande recebe ‘Projeto Escolar’ do Tribunal de Justiça

5

O espaço contempla brinquedoteca, biblioteca, videoteca, espaço lúdico e educacional, além de 19 computadores

01/11/2019

A Escola Municipal de Educação Básica “Emanuel Benedito de Arruda”, que atende 560 alunos do bairro Santa Maria em Várzea Grande, é uma terceira escola escolar do município escolhida pelo Juizado Especial Criminal Unificado de Várzea Grande para receber uma clínica primária e preventiva Escolar. Inaugurado na tarde dessa quinta-feira 31 de outubro. O espaço contempla brinquedoteca, biblioteca, videoteca, espaço lúdico e educacional, além de 19 computadores. O objetivo do projeto é envolver as crianças e estimular o ambiente escolar com espaços voltados para fomentar o conhecimento e despertar habilidades e criatividade intelectual.

“O principal objetivo do ‘Projeto Escolar’ é contribuir para o desenvolvimento humano de cidadãos que serão autores de sua própria história. Ele existe desde 2017 e é um desdobramento do programa ‘Justiça em Estações Terapêuticas e Preventivas’. No todo, buscamos proteger famílias em situação de vulnerabilidade social que vivem em bolsões com altos índices de criminalidade ou dependência química das drogas. Queremos oferecer aos estudantes, por meio da leitura, do teatro, do cinema, da tecnologia e do trabalho artesanal novos espaços de diálogos para formação intelectual. Parabenizamos a preferência Lucimar Sacre de Campos que tem um olhar diferenciado para a educação como aqui nesta escola, onde já são aulas de dança, música, judô, entre outras atividades, inclusive em tempo ampliado ”, julgado pela autora do programa,

Durante a inauguração, o Lucimar Sacre de Campos preferiu uma parceria com o Tribunal de Justiça e destacou que o Programa Escolar selecionou contribuição para os bons índices alcançados pela unidade escolar e pelos beneficiários da comunidade escolar do bairro Santa Maria. “É uma honra poder oferecer aos alunos um espaço que incentive ou aceite a leitura, ampliando o universo do conhecimento. É fundamental promover o acesso à cultura, educação e cidadania, dando oportunidade para todos os que estão preparados para enfrentar os desafios da vida adulta. Nosso EMEB “Emanuel Benedito de Arruda” já é referência para a Escola em Tempo Ampliado, tendo um dos melhores índices estatísticos do IDEB, oferecendo aulas de raciocínio lógico, letramento, dança e esportes. Com certeza este novo espaço só irá somar para nossas escolas continuar a ser referência em educação ”.

O  Marcos Machado, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), que prestou uma inauguração, enfatizou o papel do Poder Judiciário em ações humanitárias junto à sociedade. “O Poder Judiciário não pode ficar apenas assistindo os problemas que estão atacando nossa sociedade. Além de defender os direitos de cada cidadão, promover a justiça e resolver os conflitos prováveis ​​que podem surgir na sociedade, através da investigação, apuração, julgamento e punição, o Poder Judiciário precisa desenvolver projetos e ações como este é o grande diferencial, um qual trabalha a terapia e a prática da responsabilidade social de transformar vidas. O Projeto ‘Justiça em Estações Terapêuticas e Preventivas’ prevê um novo formato de atendimento, voltado para a assistência integral ao dependente químico e à sua família. Dessa forma, torna possível expandir a atividade terapêutica em três estações de atuação: uma terapêutica, uma prevenção e assistência social. Por isso, é importante, desenvolver ações nas escolas, junto a crianças e jovens e potencialidades desesperadas, para que tenham oportunidade de prometer um futuro. O projeto cumpre esta função social ”, explicou.

Ainda segundo a prefeita, a entrega do novo espaço vai beneficiar diretamente crianças e adolescentes com foco na humanização. “Várzea Grande, ganha um importante espaço de cidadania. Os alunos poderão desfrutar de um espaço humanizado, qualificado e tecnologicamente apropriado. Aqui serão realizados diversas atividades voltadas para o ensino aprendizagem na formação e construção do saber. A prefeitura está empenhada em oferecer oportunidades e novas alternativas para os alunos de Várzea Grande”, sublinhou a prefeita.

De acordo com a secretária adjunta de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Benedita Ponce, ressaltou o compromisso da atual gestão com a Educação. “Não estamos apenas cumprindo a legislação, a Educação em Várzea Grande prioriza a questão pedagógica e potencializa os alunos também na cultura, no esporte e na cidadania”, declarou.

A diretora da EMEB “Emanuel Benedito de Arruda”, Josiane Maria da Silva acrescentou que o novo espaço na unidade escolar irá intensificar o desenvolvimento educacional dos alunos. “Nossa escola tem sido um exemplo em qualidade de ensino, já produziu diversos resultados positivos com a implantação da Escola de Tempo Ampliado (ETA), recebemos um prêmio internacional e agora, com um ambiente totalmente adequado, contribuirá ainda mais na formação das nossas crianças”, destacou.

O Projeto Escolar é uma parceria do Tribunal de Justiça, Juizado Especial Criminal Unificado de Várzea Grande e Prefeitura Municipal. Já está implantado no EMEB “Abdala José de Almeida”, no EMEB “Joaquim da Cruz Coelho” e agora com o EMEB “Emanuel Benedito de Arruda”, com mais de 1,5 mil alunos do ensino fundamental. Todos os espaços contam com sala para literatura infantil e literatura geral, laboratório de informática, videoteca e brinquedoteca.

Por:  Rafaela Maximiano – Secom / VG

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY